Unam-se à causa e ajudem-nos a acabar com o tráfico de pessoas

Email:

Nós somos Talitha Kum

Há dez anos, a Igreja Católica criou uma rede de irmãs religiosas em todo o mundo para combater o tráfico de pessoas e a escravidão, um dos maiores desafios morais do nosso tempo.
Atualmente, a rede “Talitha Kum” está presente em 77 países e envolve mais de 2.000 irmãs que dedicam suas vidas às vítimas e sobreviventes do tráfico de pessoas.
Inspiradas pelo evangelho e pela liderança do Papa Francisco, que condena o tráfico de pessoas de maneira firme e frequente, as irmãs compartilham uma missão: livrar o mundo desse mal, mantendo o foco na prevenção, proteção e reabilitação social.

A campanha

A campanha Nuns Healing Hearts será lançada oficialmente pelo Papa Francisco no dia 10 de maio, no Vaticano, em comemoração ao 10o aniversário da rede Talitha Kum no combate ao tráfico de pessoas no mundo todo.
Atualmente, as irmãs vivem e realizam trabalho de campo nas comunidades onde ocorre o tráfico de pessoas. Elas vivem o dia a dia na comunidade com as vítimas e sobreviventes.
Todos entendem a exploração sexual, mas há diferentes tipos de escravidão; sejam jovens pescadores na Tailândia ou crianças trabalhando nas minas de Gana, as irmãs estão ao lado deles.
Em mais de 77 países em 5 continentes, milhares de irmãs trabalham incansavelmente em nosso nome para assegurar que as vítimas e sobreviventes saibam que não estão sós.
Esta exposição mostra o trabalho delas na Guatemala, México, Filipinas, Tailândia, Itália e Estados Unidos.
Agradecemos sua dedicação nos últimos 10 anos e oramos – e apoiamos – seus esforços para erradicar o tráfico de pessoas nos próximos 10 anos.

O tráfico de pessoas fere a humanidade com violência brutal.

Imagens de esperança que mostram gestos diários de irmandade, encontros para cuidar da dignidade ferida e a busca pela liberdade reunidas em um só lugar. Gestos subversivos e de condenação que vencem o mal do tráfico de pessoas com o bem. (cfr. Rom. 12:21).

Irmã Gabriella Bottani, smc
Coordenadora da Talitha Kum

Lisa Kristine

Lisa Kristine, fotógrafa humanitária americana, ativista e palestrante.

Mais do que criar imagens, ela inspira a mudança.
Como uma grande contadora de histórias, Lisa documenta culturas indígenas em mais de 100 países em seis continentes, identificando de maneira instintiva a dignidade humana universal em todos nós. Ao despertar a compaixão e estimular a ação para o público mundial com imagens poderosas de grande circulação que refletem coragem e sensibilidade – verdadeiros retratos íntimos -, Lisa promove causas sociais importantes; neste caso, o tráfico de pessoas.

Seu trabalho toca nosso coração e nos instiga a agir. Conhecida por usar cores de maneira intensa e evocativa, suas impressões artísticas estão entre as mais procuradas e colecionadas do mundo. Ela é a fundadora da Human Thread Foundation.

Acesse Lisakristine.com

Heart help Quero ajudar

Faça sua doação via PayPal para ajudar o trabalho das irmãs.
100% do valor doado é encaminhado diretamente a uma irmã da Talitha Kum, como a Irmã Maria, que trabalha em campo.

Ao contribuir com a campanha “Nuns Healing Hearts”, nos próximos 12 meses você ajudará a:

Treinar e empoderar 600 novas religiosas como líderes em suas comunidades ao redor do mundo, ajudando-as a identificar e a combater as situações em que o tráfico de pessoas ocorre diariamente.

A reabilitação anual de 500-800 sobreviventes do tráfico de pessoas, ao atender às suas necessidades social e psicológica por meio de programas educacionais e de treinamento, entre outras atividades.

A volta de 100 sobreviventes em situação de emergência por ano à sua casa ou a um lugar seguro.

Aumentar o número de redes da Talitha Kum em 20% nos próximos cinco anos, onde houver maior necessidade, colaborando em nível local e nacional com outras redes e parceiros.

Um projeto piloto para melhorar a comunicação entre as redes que lutam contra o tráfico de pessoas, nos países de origem, trânsito e destino, e aumentar nossa capacidade de coletar dados efetivamente de maneira segura e confidencial.

adminHome